Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

Casa do Navegador Fernão de Magalhães

Casa do Navegador Fernão de Magalhães
Casa_do_Navegador_Fern_o_de_Magalh_es
A pedra de armas foi mandada picar por D. Manuel I, em virtude de Fernão de Magalhães ter feito a sua grande viagem de descobrimentos ao serviço dos reis de Espanha. Nela estavam representados, heraldicamente, os Magalhães.

São ainda hoje muito confusos os dados sobre a naturalidade e filiação deste grande português. Embora tudo leve a crer que tenha nascido na Casa da Pereira, de Sabrosa, no último quartel do século XVI, e que tenham sido seus pais, Rui de Magalhães, casado com D. Alda da Mesquita Pimentel de Vila Real.

A Cada da Pereira e vínculo da mesma, pertenceram a João da Silva Teles, casado que foi com D. Teresa de Magalhães, irmã de Fernão de Magalhães, tendo sido em nome daqueles que o grande circum-navegador, a 17 de Dezembro de 1504, instituiu um vínculo de morgado e capela, de inovação do Senhor Jesus da igreja de Sabrosa com a pequena Quinta da Sonta, nomeando sua irmã e seu marido, seus primeiros administradores e seus herdeiros universais. E daí a quase certeza de Fernão de Magalhães ser de Sabrosa.

Sabrosa