Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

Sítio da Necrópole Alto-Medieval das Touças alvo de intervenção

Sítio da Necrópole Alto-Medieval das Touças alvo de intervenção
18 Setembro 2020

A Associação de História e Arqueologia de Sabrosa, com o apoio da Câmara Municipal de Sabrosa, está a levar a cabo várias intervenções no sítio da Necrópole Alto-Medieval das Touças de forma a atualizar a informação conhecida naquele importante Pólo de conhecimento do mundo antigo.

Atualmente, depois da limpeza do local, foram já realizadas várias escavações e feito o levantamento do terreno, sendo identificadas sepulturas, pedras fincadas e o Marco da Ordem de Malta ali existente.Foi também atualizado o painel informativo pré-existente no local de forma a facilitar a informação sobre o local a todos os visitantes. Já confirmado como local de manufatura de sarcófagos, o local continua a ser explorado na procura de novos dados que acrescentem informação e importância ao mesmo.

Recorde-se que o concelho de Sabrosa é rico em Património Arqueológico, ainda hoje bem preservado e possível de visitação. No território sabrosense, muitas estações arqueológicas de períodos anteriores evidenciam de forma clara a ocupação medieval das mesmas, sobretudo através da presença de numerosos fragmentos cerâmicos.

No entanto, foram identificados vários vestígios datáveis da época medieval (séculos V a XV), dos quais se faz destaque para as sepulturas abertas na rocha das Touças (entre Garganta e Vilar de Celas), do Chão das Velhas (Arcã) e do Chão de Mouros (Donelo), assim como as duas sepulturas e as cabeceiras de sepultura discordais descobertas no adro da Capela do Sr. Jesus de Sta. Marinha em Provesende.