Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

Novo pavilhão multiusos permitirá a criação de mercado regional em Sabrosa

image title
06 Março 2017

O novo executivo municipal vai avançar com uma estratégia sustentada de promoção e valorização dos produtos do concelho, em que o futuro Pavilhão Multiusos desempenhará um papel preponderante neste processo ao nível da logística, à escala local e regional.

Além do vinho e seus derivados, o concelho possui também outras referências que podem constituir acentuadas mais-valias para alguns setores de atividades. Nomeadamente, e entre outros, ligados ao azeite, à gastronomia, fumeiro, bola de carne, ao mel e aos doces tradicionais, frutos secos, cestaria, ferraria e ainda ao artesanato muito rico e diversificado.

É neste contexto que o Município de Sabrosa vai investir a sua sinergia na economia local, através da construção já delineada de um Pavilhão Multiusos, cujo processo se encontra bem encaminhado, e que será posteriormente candidatado a financiamento comunitário.

Porém, o Presidente da Câmara Municipal, Domingos Carvas, quer dar a esta estrutura uma maior escala e partir para a instalação do primeiro espaço com perfil de mercado regional. “Sabrosa tem de ser um território de mais e melhores oportunidades, capaz de criar mais emprego. Temos a matriz do vinho e do turismo, mas existem outras vertentes nas quais nos iremos debruçar, sobretudo sobre os nossos produtos endógenos. Aqui, o futuro Pavilhão Multiusos terá precisamente esta vocação e estará disponível para eventos de promoção e valorização do melhor que temos, e servirá na região como uma espécie de interface na direção de um Mercado Regional de índole tradicional. Será um espaço privilegiado, designadamente para a realização de feiras de produtos da terra e de vinhos, workshops e exposições de artesanato, aberto também a outras parcerias do género na região. Será ainda um elemento central de apoio ao desporto e à iniciativa cultural”, concluiu.

Segundo os últimos dados da Associação Empresarial de Portugal, AEP, de 2014, relativos ao Concelho de Sabrosa apontam para a existência de 237 empresas e uma faturação de cerca de 38 milhões de euros referente às 121 maiores, o que não deixa de ser significativo e gerar boas expectativas quanto à aposta do Município em criar novas oportunidades para investimento e empregabilidade.