Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

Antiga escola primária de Vilarinho de São Romão vai ser transformada em infraestrutura turística de apoio à visitação

Antiga escola primária de Vilarinho de São Romão vai ser transformada em infraestrutura turística...
1_escola_vilarinho_01
2_escola_vilarinho_01
26 Junho 2020

O município de Sabrosa vai realizar uma intervenção na antiga escola primária de Vilarinho de S. Romão, em plena estrada municipal 323, transformando-a num Espaço de Apoio à Visitação turística para receber visitantes no território de Sabrosa.
O edifício será transformado numa estrutura de apoio à visitação centrada no acolhimento e na interpretação turística do território, especialmente vitivinícola e agroturística, estimulando também a economia local e aproveitando o potencial que a requalificação da estrada municipal 323 traz ao mesmo. Aliás, esta obra acontece na sequência das diversas intervenções que esta estrada tem concluídas, e em fase de conclusão, alinhando-se numa estratégia de valorização do potencial da região e, concretamente, do Alto Douro Vinhateiro, e de atração de visitantes a Sabrosa e à região do Douro, assumindo um caráter supramunicipal.
Depois da obra de requalificação dos Miradouros, da abertura de um Posto de Informação Turística, e da conclusão da Requalificação dessa via panorâmica, este equipamento virá dotar este troço de mais uma valência importante nesse sentido.
Com data de conclusão prevista para o final de 2021, este novo equipamento irá também permitir receber grupos organizados de visitantes, incentivando o intercâmbio cultural, dinamizando e qualificando o turismo, a partilha de conhecimento, da história e tradições de diversas regiões do país e da europa e, também, o acesso à fruição deste património ímpar por parte de cidadãos que não possuam condições económicas para o fazer, a não ser através de grupos de âmbito educacional, social, cultural, desportivo e recreativo.
O novo espaço terá a capacidade de acolher 28 pessoas, apresentando as condições de conforto necessárias e regulamentadas à utilização pretendida, e contempla espaços de receção e acolhimento, e ainda serviços de apoio e divulgação turística. Irá respeitar a estereotomia do edifício atual, demolindo os espaços correspondentes a ampliações posteriores à data da sua construção, efetuando a ampliação estritamente necessária, mantendo a simetria, salvaguardando o carácter histórico e arquitetónico da edificação e o seu enquadramento no aspeto geral.
O valor total desta intervenção, com designação da operação de candidatura: Valorização e Dinamização do Edifício Escolar - Espaço de Apoio à Visitação, é de 349.800.00€, cofinanciado através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional no valor de 218 390,00€.