Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

O FLiD foi "à escola" no segundo dia do festival

image title
image title
image title
image title
04 Maio 2019

Quase duas centenas de alunos da região participaram ontem numa conversa com os escritores João Rios e Jaime Rocha no âmbito do programa estipulado para o segundo dia da edição deste ano do FLiD - Festival Literário Douro. Durante mais de uma hora, os presentes ouviram os escritores falar sobre a poesia, o seu processo criativo e outros assuntos relacionados com o tema, num dos momentos mais importantes deste festival, que tem como objetivo aproximar os alunos da literatura.

Da parte da tarde, numa atitude de promoção do território sabrosense, foi realizada uma visita cultural à aldeia vinhateira de Provesende.
O dia de ontem incluiu ainda o debate de duas mesas temáticas. Na primeira delas foi abordado o tema "A poesia já não se impõe, expõe-se", onde participaram os escritores Amélia muge, Inês Fonseca Santos, Jaime Rocha e João Rios, com moderação de António Ferreira.
No período da noite foi a vez dos escritores Cristina Carvalho, Dulce Garcia, Filipa Melo e Sandro William Junqueira, moderados por João Morales, abordarem o tema "A lenta volúpia de escrever".