Passar para o Conteúdo Principal Top
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • RSS feed

_MG_1253-2500x300-min

Sabrosa festejou abril e a liberdade

image title
image title
image title
26 Abril 2017

Organizadas pela Câmara Municipal Sabrosa, decorreram na manhã de terça-feira as comemorações do 43º Aniversário do 25 de Abril.

Organizadas pela Câmara Municipal Sabrosa, decorreram na manhã de terça-feira as comemorações do 43º Aniversário do 25 de Abril. Para o efeito, foi cumprido um programa oficial, em que os temas da liberdade, democracia, solidariedade, cidadania e desenvolvimento foram as mais vincadas pelos vários interlocutores.

Depois da interpretação do Hino Nacional pela Banda Musical de Sabrosa e da visita à Exposição de fotografia “25 de Abril de 1974”, patente no Auditório Municipal, seguiu-se, pelas 10H00 no mesmo espaço, o ato solene comemorativo do 25 de Abril onde discursaram os representantes de todas as forças partidárias com assento na Assembleia Municipal.

O papel dos “capitães de Abril” na instauração do Regime Democrático, personalizado na presença do Coronel Rodrigo Pizarro, filho da terra e muito saudado pelos presentes, foi mote para algumas intervenções durante a sessão solene.
Artur Veiga (CDU), realçou os valores de Abril e os desafios e as exigências do futuro da autonomia do poder local, enquanto António Morgado (PSD), defendeu os direitos e os deveres num contexto da liberdade e da democracia e deixou claro um apelo á participação política dos cidadãos.
Por sua vez, Helena Ervedosa (PS), enalteceu o papel do Coronel Rodrigo Pizarro no “Movimento dos Capitães” e pautou o seu discurso pela defesa do “Espirito de Abril”, abordando os benefícios da mudança de regime, num contexto social, económico e politico e naquilo que ainda há por fazer nas diversas áreas, assumindo ainda a implantação de um “ projeto sustentável para o concelho de Sabrosa”.

O Presidente da Câmara Municipal, Domingos Carvas, depois de evocar a importância da data, focalizou a sua intervenção sobre a cidadania, liberdade e a proximidade do poder local. Falando em nome “de um melhor futuro para o concelho”, defendeu entre outros aspetos, um maior protagonismo dos habitantes, fazendo para o efeito, a apologia de uma cidadania ativa e participativa em decisões onde está em causa o bem comum e que por isso na sua conceção, podem contribuir para abrir novos caminhos de progresso para o território de Sabrosa.

A sessão solene foi encerrada pelo Presidente da Assembleia Municipal, António Graça, que salientou a importância de memorizar e manter vivo o 25 de Abril e incutir junto dos mais jovens os seus valores e desígnios e assegurar assim a sua vigência futura como instrumento político de liberdade e democracia. Depois seguiu-se a Sessão Ordinária da Assembleia Municipal

Nas cerimónias estiveram, entre outras individualidades, representantes do Exercito, Bombeiros e GNR e ainda o deputado do PS, Ascenso Simões, e o Presidente da Estrutura de Missão da organização das Comemorações dos 500 anos da viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães, José Manuel Marques.

A jornada das comemorações foi concluída com uma sessão ordinária da Assembleia Municipal, com a atuação do grupo Ad Libitum e com um Porto de Honra acompanhado pelas famosas e tradicionais cavacas de Sabrosa.